67% das empreendedoras no Brasil são mães, aponta pesquisa do Sebrae | ASN Nacional

Grande parte das empreendedoras do Brasil (67%) têm filhos, segundo o estudo “Empreendedorismo Feminino”, elaborado pelo Sebrae. A necessidade de cuidar da prole influenciou mais a decisão de abrir o negócio entre as mulheres do que entre os homens que empreendem. Enquanto 68% delas disseram que a dedicação aos filhos “influenciou muito”, entre os homens esse índice foi de 56%. Outros 34% dos empresários apontaram que “não influenciou nada”.

A sobrecarga de tarefas e a dificuldade em conciliar o tempo dedicado ao negócio e os cuidados com os filhos continuam sendo desafios enfrentados pelas mulheres. O estudo do Sebrae, que foi publicado em novembro passado, contabilizou a quantidade de horas destinadas a mais pelas mulheres que empreendem nos cuidados com pessoas da família e nos afazeres domésticos. Elas dedicam 3,1 horas aos cuidados familiares e consomem 2,9 horas do seu dia nos afazeres domésticos, praticamente o dobro dos homens, que gastam 1,6h e 1,5h, respectivamente, com essas atividades.

Consequentemente, as mulheres empreendedoras acabam dedicando menos horas semanais ao empreendimento. A média fica em torno de 34 a 35 horas trabalhadas semanais, enquanto os homens que são empresários alcançam de 40 a 43 horas. Isso, no entanto, não implica que as mulheres são menos dedicadas aos seus empreendimentos, e sim que existe uma grande disparidade quando se analisa quem é encarregado do chamado “trabalho invisível”, aponta o Sebrae.

A desigualdade de gêneros fica clara em relação à sobrecarga com a jornada dupla: 76% das mulheres se sentiram mais sobrecarregadas e 61% já tiveram que deixar de fazer algo para si ou para a empresa para cuidar dos filhos, de idosos ou parentes. Esses resultados foram de 55% para os homens que se sentiram sobrecarregados e 48% para que os que afirmaram ter de sacrificar algo em favor dos filhos ou parentes.

Mãe e filha à frente do negócio

Maristela Mendes é dona da Bala de Banana Bananina, empresa que fica em Antonina (PR). A Bala de Banana é um produto legítimo do município no litoral do Paraná e recebeu, em dezembro de 2020, o selo de Indicação Geográfica concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Ela administra o empreendimento com a filha, Bárbara. O fato de já estar empreendendo numa empresa familiar antes de ser mãe ajudou Maristela a ter mais tempo com a filha quando pequena.

“É uma oportunidade que poucas mulheres têm. Eu podia trazer a Bárbara para o trabalho, ir em reuniões com ela, e até fiz uma salinha com um berço quando ela era pequena. Mas como eu tive a oportunidade de estar dentro de uma empresa familiar, de não precisar pedir permissão do chefe para amamentar, ficou muito mais fácil para mim.”
A menina que cresceu dentro da fábrica de balas de banana agora trabalha junto com a mãe e atua principalmente no marketing digital da marca. Hoje a produção da Bananina já atinge 6 toneladas por mês, conta com 15 funcionários e as donas planejam expansão do espaço físico para aumentar a fabricação de outros produtos.

Sebrae Delas

Para apoiar mulheres que querem abrir um negócio ou já está à frente de um empreendimento, o programa Sebrae Delas oferece cursos, workshops e consultorias. O objetivo é apoiar, incentivar e valorizar a jornada das empreendedoras, inclusive as mães. Elas também participam de redes de mulheres, por meio das quais trocam experiências, falam dos desafios e buscam soluções. Somente em 2023, mais de 150 mil mulheres foram atendidas por meio de cursos, consultorias e mentorias para o desenvolvimento de competências emocionais.

Prefeitura de Gurupi

  • Related Posts

    Enchentes afetam mais da metade das MPE gaúchas. Sebrae prepara plano de ação para socorrer empresários | ASN Nacional

    Mais da metade das micro e pequenas empresas gaúchas (MPE) foram afetadas pelas enchentes e estão com suas operações paralisadas ou reduzidas. Um diagnóstico realizado pelo Sebrae no Rio Grande…

    Desenvolvimento Territorial e apoio aos municípios marcam abertura da Marcha dos Prefeitos | ASN Nacional

    Cerca de 10 mil prefeitos, vereadores, secretários municipais, entre outras autoridades, estão em Brasília para discutir ações que promovam o desenvolvimento local e territorial com foco na melhoria das condições…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Economia

    Harnessing the Power of Wind Energy

    Harnessing the Power of Wind Energy

    The Golden Gate’s Timeless Majesty

    The Golden Gate’s Timeless Majesty

    Ultimate Sports Ground Experience

    Ultimate Sports Ground Experience

    Future of Work Like Remote Collaboration Tools

    Future of Work Like Remote Collaboration Tools

    Navigating the Landscape of Cryptocurrency Trends

    Navigating the Landscape of Cryptocurrency Trends

    Plant Based Alternatives Reshaping Food

    Plant Based Alternatives Reshaping Food