COP 30 será vitrine para pequenos negócios sustentáveis e inovadores | ASN Nacional

A participação dos pequenos negócios na 30ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP30) foi destaque no segundo dia do Inova Amazônia, que acontece em Manaus (AM). Durante o painel conduzido pelo Sebrae foram apresentadas as ações em desenvolvimento pela instituição para garantir que as microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais (MEI) aproveitem as oportunidades da conferência da ONU sobre mudanças do clima, entre os dias 10 e 21 de novembro de 2024, em Belém (PA).

O painelista Thyago Gatto, do Sebrae. Foto: Bruno Kelly.

Na ocasião, o gestor nacional do Inova Amazônia, Thyago Gatto, explicou como funciona a COP e como os pequenos negócios podem ser protagonistas durante o maior evento da ONU. “Nós queremos colocar os pequenos negócios à frente dessa discussão nos painéis de debate, como expositores para o mundo de suas soluções, mostrando o que já fazem e podem fazer para mitigar os problemas climáticos atuais”, enfatizou.

Durante o painel, o assessor da diretoria do Sebrae Pará, Renato Coelho, detalhou o planejamento estratégico do Sistema Sebrae em articulação com diversos parceiros do setor público e privado. Segundo ele, a COP 30, em Belém, será conhecida como COP da floresta pela relevância do bioma amazônico para o equilíbrio do meio ambiente no mundo.

A expectativa, segundo Coelho, é que a COP 30 atraia 60 mil visitantes, gerando novos negócios e empregos, deixando um legado importante, principalmente para os estados da Amazônia Legal. “Vamos mostrar que investir na Amazônia é apostar no futuro, onde empreendedores florescem e a floresta permanece de pé”, frisou.

Bioeconomia e a nova política de industrialização do Brasil

O segundo painel do dia debateu o principal papel das políticas públicas na promoção da bioeconomia no Brasil, bem como os desafios e oportunidades para integração com a indústria tradicional.

Diretora Margarete Coelho. Foto: Bruno Kelly.

A diretora de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Margarete Coelho, foi mediadora das discussões que trataram de incentivos para a adoção de tecnologias verdes, cadeias de suprimentos sustentáveis e desenvolvimento de produtos inovadores.

“O Sebrae acredita muito no programa Inova Amazônia e no potencial da região, mas queremos ir além. Com o Inova Biomas, a ideia é levar este debate e a promoção do desenvolvimento sustentável para outros locais, como o Pantanal é o Cerrado”, comentou.

O secretário Rodrigo Rollemberg durante o painel. Foto: Bruno Kelly.

Um dos painelistas foi o secretário nacional de Economia Verde, Descarbonização e Biodiversidade do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Rodrigo Rollemberg.

“A bioeconomia pode gerar muitas oportunidades para os pequenos negócios, porque é um setor novo. A parceria com o Sebrae é fundamental, porque às vezes a pessoa tem uma ideia extraordinária, mas precisa aprender como estruturar o negócio. E essa parceria com o Sebrae faz a diferença para que quem empreende possa aproveitar essas oportunidades, gerando renda, riquezas e melhorando a qualidade de vida das comunidades. Com as mudanças climáticas, é uma necessidade mundial que a gente encontre novas formas de produzir. Nesse sentido, a bioeconomia tem um papel estratégico para a humanidade”, argumentou Rollemberg.

Além dele, o painel contou ainda com a presença da diretora de Economia Sustentável da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Perpétua Almeida, do secretário Nacional de Bieconomia do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) e do presidente do Centro de Bionegócios da Amazônia, Márcio Miranda.

Prefeitura de Gurupi

  • Related Posts

    Enchentes afetam mais da metade das MPE gaúchas. Sebrae prepara plano de ação para socorrer empresários | ASN Nacional

    Mais da metade das micro e pequenas empresas gaúchas (MPE) foram afetadas pelas enchentes e estão com suas operações paralisadas ou reduzidas. Um diagnóstico realizado pelo Sebrae no Rio Grande…

    Desenvolvimento Territorial e apoio aos municípios marcam abertura da Marcha dos Prefeitos | ASN Nacional

    Cerca de 10 mil prefeitos, vereadores, secretários municipais, entre outras autoridades, estão em Brasília para discutir ações que promovam o desenvolvimento local e territorial com foco na melhoria das condições…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Economia

    Harnessing the Power of Wind Energy

    Harnessing the Power of Wind Energy

    The Golden Gate’s Timeless Majesty

    The Golden Gate’s Timeless Majesty

    Ultimate Sports Ground Experience

    Ultimate Sports Ground Experience

    Future of Work Like Remote Collaboration Tools

    Future of Work Like Remote Collaboration Tools

    Navigating the Landscape of Cryptocurrency Trends

    Navigating the Landscape of Cryptocurrency Trends

    Plant Based Alternatives Reshaping Food

    Plant Based Alternatives Reshaping Food